Arrebentando O Cu Da Cachorra Até Ela Gritar

10 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

10 seg

Categoria:

Tag: ,

Arrebentando O Cu Da Cachorra Até Ela Gritar

Arrebentando O Cu Da Cachorra Até Ela Gritar

Os peitões grandes e naturais são lindos e eu cai de boca neles, chupei muito e ela já estava louca, deitei ela na cama e fui descendo beijando a barriga dela e cheguei na bucetinha pequenininha, que delícia, toda raspadinha já estava bem molhadinha, eu chupei com gosto e ela delirou, gozou na minha boca e começou a gritar dizendo que queria rola, que o marido dela ia se fuder porque não comia ela direito e que estava louca pra ver a minha rola preta entrar na buceta dela.

A cada estocada eu gemia e ele me chingava de coisas tipo: Cachorra, depravada, vadia do cú gostoso. Olhei para aqueles caras todos machos,um encarando o outro e foi quando o Ferreira falou que não toparia,que era um homem sério e isso era coisa de viado;foi quando o Jobson falou que todos tinham que aceitar se não ele entregaria todos nós. Ele foi colocando a cabeça da pica e arrebentando cada prega, devagar.

seu rabo é muito apertado e quente.

Ele me abraçou, tudo muito bonitinho, super carinhoso… mas não era exatamente aquilo que eu queria, larguei a mão dele e comecei a fazer carinho na perna dele, primeiro na parte de cima, depois passando só os dedos na parte interna da coxa. Desta vez Carlos demorou um pouco mais o que me permitiu um segundo orgasmo.

Eu tinha 20 anos, meu namorado tinha 27 e o Vinícius, irmão do meu namorado, tinha 23. Estamos saindo já faz um ano, no começo éramos casados, mas agora estamos desimpedidos para viver nossas loucuras.

Certo dia meu marido foi trabalhar e eu fui para a praia dar um mergulho, na volta eu estava vestida apenas de biquíni e peguei o elevador normalmente, lá estava o meu vizinho, um coroa careca bem gostoso que já me chamava atenção há muito tempo. Ligia ficou excitadíssima e então combinamos hora e local. Ele parecia estar gostando bastante e ali ficamos um pouco até do meu outro lado sentou um cara, que devia ter uns trinta e cinco anos, moreno e botou o pau pra fora, só que seu pau era imenso e grosso.