Evangelica Peituda Um Tesão De Morena

9 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

9 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Evangelica Peituda Um Tesão De Morena

Evangelica Peituda Um Tesão De Morena

Ela disse que me queria sempre, que quando eu tivesse assim de meter pra eu aparecer que ela tinha muito tesão.

E soquei na buceta dela de novo, ficamos algum tempo nessa posição, ela gemendo anunciando seus gozo, quando tirei a rola de dentro dela o gozo escorrendo entre sua perna e disse:APOSTA ENTRE MACHOSe ela disse que sim e o marido dela disse na mesma hora que a esposa dele tbm ia participar pois tínhamos visita e eu ao olhar pra porta vi que havia um outro homem lá com um pau gigante pra fora tinha uns 22 cm, era amigo do marido da minha amiga peituda que por sinal se chama jessica, eu então sentei no sofá e o marido dela sentou ao meu lado e começou a mamar nos meus seios, eles estavam duros e os meu mamilos enormes e durinhos de tanto tesão, ele mamava com tanta força que eu gemia de tesão, ele apertava balançava fazia tudo com eles, enquanto ele mamava jessica sentou no braço do sofa e começou a fazer uma espanhola no amigo do marido, eu achava que ela só deixava eles mamarem e só mas me enganei ela tbm mamava e muito bem, nao deu 5 minutos e ela já estava com aquele pauzão na boca , ele era muito grande tinha uma cabeça enorme, quando ela parou de chupar esse amigo do marido dela veio chegando perto de mim e eu sem saber o que fazer tentei relutar mas ja era tarde, ele colocou aquele caralho enorme perto do meu rosto e eu sem pensar duas vezes o abocanhei, eu passava a lingua em volta da cabeça enquanto de vez enquanto ele estocava bem no fundo da minha garganta e enquanto isso o marido da minha amiga mava nos meus peitos enormes e jessica fazia um boquete pra ele, aquilo estava uma delicia eu não queria parar mais dava pra sentir o gosto do liquido salgado na minha boca e escorrendo pela minha garganta, estava tudo perfeito até que ouvi meu celular tocar e quando olhei era meu namorado, eu precisava atender, tirei aquela piroca da minha boca me levantei e fui atender meu namorado escutava uns barulhos de chupada ao fundo mas eu falava que era da tv, eu estava debruçada na mesa falando ao celular quando derrepente sinto aquele pau enorme invadir a minha buceta e na mesma hora deu um gritinho de safada e meu namorado perguntou o que era aquilo ai nao teve como mentir eu disse que estava sendo fudida e chupada ele desligou na hora fiquei totalmente ipinotizada com aquela rola enorme na minha buceta, ele passava o pau na minha buceta e no meu cú inpinei um pouco a bunda pra ele entender onde eu queria aquele pau e nao deu outra, estocou tudo no meu cú, enquanto isso minha amiga apenas pagava um boquete pra o marido dela enquanto ele assitia a mim sendo fodida eu gemia muito não dava pra aguentar, minha amiga jessica se levantou e veio em minha direção e pediu por gentileza que eu desse o cu pra o marido dela tbm, eu tirei aquela tala do meu cu e fui direto pra o sofa dar pra o maridinho dela que estava com o pau todo melado daquele boquete delicioso que a jessica havia feito, sentei gostoso naquele pau e deu a tarde todo pra aqueles homens, minhas tetas pulavam balançavam com tudo e na hora de gozar fiquei de joelhos e primeiro veio o marido da minha amiga e gozou nos meu seios eu adorei aquilo depois veio o amigo dele e enfiou o pau na minha boca com tudo e eu senti um forte jato de esperma seguidos de mais uns quatro jatos de porra, eu engoli tudinho se reclama, quedelicia tinha um gosto salgado inigualável, depois disso me vesti e voltei pra casa quando cheguei em casa que era a umas quadras da casa da minha amiga me deparei com o meu namorado e pra minha infelicidade eu havia esquecido de limpar o gozo nos meu seis e ele logo viu aquelas jatos ainda mornos e branquinhos nos meu seios gigantes e não dava nem pra mentir pq até eu estava sentindo o cheiro de porra que eles exalavam, entramos pro meu quarto e eu pedi desculpas pro meu namorado por aquila e ele me entendeu e agora sabe quando eu quiser que ele me chupe ele tem que chupar mas não deixei de ser safada ainda tenho muito outros contos pra contar a vcs tchau tchauNesse estante veio um barulho do quarto do corredor (provavelmente o ventoPois é, anoiteceu. Morava sozinho em Brasília,vim de Minas Gerais para o Distrito Federal porque tinha me separado e muito decepcionado vim tentar uma vida nova chegando na capital do país aluguei um apartamento onde morei por 2 anos só, eu com meus 37 anos pensei vou viver na solidão, amo cozinhar e no apartamento de frente morava duas mulheres a mãe e a filha, a filha tinha 19 anos e nos víamos muito pouco é somente nos cumprimentamos até que um dia fui fazer uma pizza, afinal amo cozinhar, deixei assando e desci para comprar refrigerante quando me deparei com a vizinha de 18 anos e ela me disse ta cheirando pizza e parece deliciosa pelo cheiro eu disse que estava fazendo e ela já foi pedindo um pedaço, falei que tudobem e que levaria pra ela quando terminar e resumindo bati na porta dela é entreguei o pedaço ela adorou, depois ficamos amigos e ela me disse que sua mãe era enfermeira e as vezes ficava algumas noite só, uma certa noite ela bate na porta e pergunta se pode entrar eu disse só um momento, como adoro andar de sunga dentro de casa fui colocar bermuda, ela perguntou por causa da demora e expliquei então para minha surpresa ela disse se for sunga pode ficar pq estou acostumada a ver homens assim no clube, eu disse assim melhor então ela insistiu em me ver de sunga até que fui no quarto é retirei a bermuda, percebi seus olhares para minhas coxas grossas e o volume dentro da sunga afinal sou dotado,comemos, rumos, e ela começou a dizer coisas sobre sexo e disse que era evangélica e que nunca tinha ficado com homens, e ficava falando você deve ter muitas mulheres em seu pé, eu disse que trabalhava muito as vezes tinha uma ficante porque eu não era de ferro, ela disse vou lá em casa tomar banho posso ficar aqui vendo filmes até dar sono? Porque minha mãe foi trabalhar hj é n queria ficar sozinha, eu disse que tudo bem, ela foi tomar banho e eu também aproveitei e fui banhar também, quando ela volta vem com uma saia branca tecido mole e curta, eu fiquei meio paralisado meu pau deu um pulo na sunga e ela percebeu é brincou nossa como ele ficouenorme acho que ele me quer, fiquei sem palavras, então sem perca de tempo dei um abraço nela e apertei ele no corpo dela e meu pau pulsava tanto e a beijei loucamente, ela se esfregava em mim, fiquei louco de tesão puxei até meu quarto a joguei na cama, fui beijando seu pescoço tirei sua camisa é saia e vi aquele corpo de ninfeta novinha é nem acreditava, ela olhou nos meus olhos e disse sou toda sua faça o que quiser comigo, arranquei o sutiã é chupei delicadamente seus peitinhos duro, desci beijando seu copo até chegar em sua calcinha é mordi a beirada da calcinha e fui retirando com a boca, quando olhei sua buceta nossa bem carnudinha é com pelinhos desenhado parecia um cavanhaque, subi lambendo suas coxas, e abocanhei sua buceta atirava a língua nela com vontade fiquei chupando até que ela contorceu e gemeu alto, tinha gozado em minha boca, subi beijando seu corpo beijei novamente um beijo apaixonado e mamei novamente seus peitos, a coloquei de quatro e lambida sua buceta coxas e cuzinho, beijava suas costas, enfim dei um beijo de língua, ai tirei minha roupa e quando ela viu meu pau ela ficou paralisada e disse por isso as mulheres te adora, tenho um pau lindo grande cabeça vermelha e grande sem mancha é Carocinhos, sem nenhuma deformidades todo depiladinho ela começou a mamar meio atrapalhada mas fui ensinando até que ela passou a mamar bem gostoso, ele olhava pra mim com aquele olhar de menina inocente e safada é sorria enquanto devorava meu pau, pra minha surpresa ela disse quero que goza em minha boca, como demoro gozar eu disse depois gozo, ai peguei lubrificante e passei em sua bucetinha e fiquei esfregando na entradinha é fui enfiando devagar ela começou chorar baixinho e parei, perguntei se queria que parasse ela falou tá doendo muito mas eu quero muito você, então fui beijando e fazendo movimentos de vai e vem devagar até que sentir rompendo o ímem e fiquei parado dentro dela por um tempo, ela falou em meu ouvido meu bem pode me fuder agora já não dói muito, comecei a meter com vontade e ela gemia muito eu ficava louco, coloquei ela de quatro segurei seus cabelos dava tapas em sua bunda e metia com vontade ela gozou muito depois de fazermos em várias posições, tirei meu pau ela abriu a boca e gozei muito dentro daquela boquinha e pra minha surpresa ela engoliu tudo, fomos tomar banho e ficamos deitados nos beijando e a partir daquele dia uma noite sim é outra não ela sempre vinha dar pra mim, até que após um ano mais ou menos ela arrumou namorado da igreja e se casou.

O que vou narrar hoje aconteceu a cerca de dois anos atrás, eu e minha esposa tínhamos a fantasia de transar com um travesti bem feminino e bonito, uma certa noite depois de tomarmos alguns drinques pelo centro da cidade em que moramos ao nos dirigirmos para casa, resolvi dar uma passada num certo setor que sei era ponto de travestis, minha esposa se animou quando viu uma morena, alta, cabelos pretos e compridos, realmente linda, coxas grossas, seios bem feitos, uma bunda enorme e linda.