Foda Amadora Filha De Pastor Peitudas Adora Uma Pica Durinha Em Sua Ppk Gostosa Com Vizinho – Ba

Foda Amadora Filha De Pastor Peitudas Adora Uma Pica Durinha Em Sua Ppk Gostosa Com Vizinho – Ba

Foda Amadora Filha De Pastor Peitudas Adora Uma Pica Durinha Em Sua Ppk Gostosa Com Vizinho – Ba

Disse a ela adorando estar curtindo aquele momento com ela, então a virei deixando de costa aquela bunda empinada e branquinha me convidava a fazer algo diferente, não lhe disse na, mas acho que ela já estava imaginando, abri sua bunda e metia a cara ali lambi seu remoinho e enfiei a língua no cuzinho ela se contorceu e gemeu de tesão, eu então passei bastante cuspi e coloquei a cabeça do pinto na entradinha daquele buraquinho e fui empurrando ela não disse nada só escutei um ai,quando a cabeça entrou, e depois varia palavras que não entendi direito, mas o gemidos dela assentiam para que eu continuasse a enfiar meu pinto para dentro daquele cuzinho apertado, então fui enterrando e tirando cada vez mais rápido logo seu cu já estava laceado, que eu podia retirar o pinto todo para fora daquele cuzinho e numa só estocada enfiar até o saco, ela gritava baixinho e rebolava, com meu pau todo bem no fundo daquele cu, fui sentido que gozaria e aumentei a velocidade ela começou a gemer mais forte, então eu explodi em um gozo fantástico, enchendo seu cu de porra, ficamos um tempo engatados, ela se levantou dizendo ter de ir embora, antes de sair deu-me um beijo demorado, eu fiquei ali.

Aquela menina , quando tirou a roupa , se mostrou um mulherão! Corpo sarado, toda branquinha, cheia de tatuagens , perna sarada, cabelo loiro, bunda grande e durinha, buceta rosinha… ficamos pelados , mas ela não me deu.

Papai deu uma bronca danada falando que eu tinha que me portar de acordo com meu status de filha do nobre advogado, criticou é claro minhas roupas e tirando a cinta mandou eu levantar a saia, gelei na hora mas já era tarde:-Pai…paizinho… perdão, eu vou me comportar…prometo!Ele me deu uma cintada leve nas pernas e falou firme:-Levanta a saia menina, obedeçe e vai doer menos…Sem outra opção levantei a sainha expondo minha bundinha com aquela calcinha sem vergonha.

Principalmente da Meg, que nunca escondeu sua preferência por vizinhos, primos e cozinhas.

Eu como bom cavalheiro fui buscar o copo de água para ela, enquanto enchia o copo na minha mente eu só imaginava aquela evangélica gostosa na minha cama, o mais constrangedor foi que eu não consegui disfarçar e quando sai para lhe entregar o copo com água meu pau estava duro igual pedra e dava para perceber claramente que eu estava excitado. – O QUE ???? Você é louca mulher? Isto é lá assunto que se trate com um pastor???"Minha sobrinha Cecília trabalhou para um engenheiro, chamado Clésio.