Grava Um Vídeo Amador Loira Boqueteira Adora Uma Pica Durinha Em Sua Ppk Gostosa Com Chifrudo De Sp

visualizações

13 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Grava Um Vídeo Amador Loira Boqueteira Adora Uma Pica Durinha Em Sua Ppk Gostosa Com Chifrudo De Sp

Grava Um Vídeo Amador Loira Boqueteira Adora Uma Pica Durinha Em Sua Ppk Gostosa Com Chifrudo De Sp

Ela é uma bela loira,36anos, 1,60 de altura,cabelos nos ombros,olhos verdes,seios pequenos e firmes,lindos pezinhos, e um bumbum médio e durinho.

Adriana não tinha silicone, mas nem por isso ficava atrás, o seios durinhos e redondinhos, daqueles que o homem adora lamber e chupar.

ELA GEMIA XINGAVA DE VAGABUNDO CACHORRO TARADO DA ROLA GOSTOSA QUE ERA PRA EU ARROMBAR A BUCETA DELA DEIXAR A BUCETA TODA VERMELHA ARREGACADA ASSIK FIZ…. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Meu amigo filho da mãe havia entrado em meu histórico e estava exatamente na pagina de um site de vídeos gays que eu havia acessado noite passada. Como na casa tinha piscina meu namorado falou para eu levar biquíni, meus biquínis são médios, pois não usava fio dental, fomos os três para a piscina no final da tarde eu estava tomando sol e os dois na piscina, não tinha visto que meu sogro estava de sunga imaginei que usava short como meu namorado, e quando ele saiu da piscina e veio em minha direção, não teve como não observar o corpo do meu sogro, bem cuidado, sem gordurinhas extras, gostava de malhar como eu, mas assim que aproximou e perguntou se queria alguma bebida não teve como não observar o volume em sua sunga, nosssa, olhei meio que disfarçando, mas era bem hipnotizante, rsrsrsr, depois fomos pra água e ficamos os três conversando, aí eu deitei na lateral da piscina e meu namorado disse, junto com o pai dele que eu poderia usar uns biquínis menores pra fazer marquinhas mais sex, fiquei com vergonha mas meu namorado já tinha bebido além da conta pra falar aquilo junto com seu pai, fiz de conta que não tinha ouvido, aí o pai complementou, realmente filho a Suzi tem um lindo corpo com um biquíni menor ficaria mais linda, só que quando fossem no clube não iria poder sair de perto dela, pois ia chamar a atenção, kkkkk, todos rimos e fiquei lisonjeada com os elogios do meu sogro.

Nunca imaginei, mas minha mãe, que aparentava ser uma santa, era na verdade, uma boqueteira profissional. Toda Sexta-feira depois do expediente, meu pai fazia reunião com as vendedoras, e nesse dia ele não pode ir pois viajou a trabalho, e quem fez a reunião foi a supervisora de vendas…, quando a reunião acabou todo mundo foi embora, menos a Juliana, que ficou conversando comigo ate seu marido chegar…, eu já era louco por ela, ela devia Ter uns 32 anos mas estava em plena forma, tinha um belo par de seios de dar inveja a qualquer menininha de 20 anos, e para minha sorte começou a chover forte, e como nós estávamos do lado de fora do escritório tivemos que entrar para não nos molhar, foi quando seu marido ligou dizendo que não poderia ir buscala pois devido a chuva seu carro estragou…, foi quando eu pensei e agora ou nunca, ai ela começou a ler uma revista de peças intimas femininas…,foi quando eu comecei a provocala dizendo que se ela tivesse aquele corpo da revista ela teria chance comigo…, ai nesses “brincadeirinhas” ela disse que era muito mais gostosa que a mulher da revista…, foi quando eu falei pra ela, que só ia acreditar se ela me provasse, foi quando ela para minha surpresa levantou a saia e ficou só de calcinha na minha frente e eu pude constatar que realmente ela era muito mais gostosa… ai eu comecei a passar a mão pelas suas coxas para ver se tudo aquilo era verdade…, e para minha surpresa ela começou a gostar… e ai eu fui subindo a mão até chegar nos seus lindos seios, tirei seu soutien e comecei a chupar seus seios, tirando dela alguns gemidos de prazer, foi quando eu a levei para a sala de reunião e a coloquei deitada em cima da mesa, ai foi só festa… comecei a lambe-la todinha do pescoço ate a ponta do dedão do pé, ai fui tirando a calcinha dela com os dentes deixando ela louca de tesão, e comecei a chupar aquela bucetinha toda melada…, foi quando ela se levantou e começou a me retribuir…, tirou minha calça e me fez sentar na mesa…, ai ela veio e colocou uma cadeira na minha frente e começou a chupar meu pau, que já estava latejando para fuder aquela bucetinha apertadinha que estava implorando para ser penetrada…, foi quando ela se levantou e deitou na mesa e abriu as pernas, eu rapidamente comecei a chupar sua bucetinha novamente, pois tinha um gosto maravilhoso, foi quando ela me pediu para ser penetrada, ai fui colocando devagarinho para ela poder sentir meu pau todinho dentro dela, e com o passar do tempo fui dando estocadas mais fortes ate sentir que ela estava tendo seu primeiro orgasmo…, ela parecia estar fora de si, pois começou a xingar seu marido de corno, chifrudo, e dizia que ele merecia isto, pois ele era um frouxo, foi quando eu não agüentei mais e gozei dentro daquela bucetinha que eu tanto sonhava fuder.

Tratava-me com respeito, mas ao mesmo tempo sempre flagrava seus olhos medindo meus shorts enquanto brincava, ou quando bebia umas cervejas e os abraços eram mais apertados, como se quisesse sentir todo meu corpo.