Grava Um Vídeo Pornô Caseiro Sobrinha Peituda Comendo O Cuzinho Com Seu Macho De Sorte – Sp

3 min

Categoria:

Tag:

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Grava Um Vídeo Pornô Caseiro Sobrinha Peituda Comendo O Cuzinho Com Seu Macho De Sorte – Sp

Grava Um Vídeo Pornô Caseiro Sobrinha Peituda Comendo O Cuzinho Com Seu Macho De Sorte – Sp

EU, MELISSA NO CINE PORNO by geferson rogérioEstava amarrada e com muito, mas muito tesão. Depois disso formámos um clube onde sorteamos os pares para cada noite de Sábado, excepto se houver novos membros a entrar, pois a entrada passa por ver a mulher a ser arrombada pelo Carlos com todos do clube a assistir e o João a gravar para a nossa biblioteca. -Claro que vou, o que que eu não faço pela minha sobrinha amada.

A campainha toca e quando vou atender era um amigo dele da escola, rosto feio e corpo bonito meu pau endureceu na hora e os dois ficaram me olhando e eu confesso que fiquei sem graça saí e deixei eles conversando, fui pro quarto assistir um filme, o Gabriel entra no quarto e pergunta se o amigo dele o Fábio pode dormir em casa eu disse que se a mãe dele deixasse ele poderia sim, ele já tinha ligado e eu concordei, eles voltaram pra sala e ficaram jogando vídeo game, fiz pipoca no microondas e dei um pouco pra eles o Fábio olhou meu volume eu levantei de lado como se fosse coçar e deixei mostrar um pouco meu pau só pra ele ver e fui pro quarto, ao lado do quarto tem o banheiro e a porta do quarto sempre fica aberta, quando o Fábio passou pra ir no banheiro ele deu uma olhada no quarto, coloquei a mão dentro da cueca e fiquei até ele sair do banheiro, quando saiu olhou de novo e foi saindo bem devagar, meu pau quase saltou da cueca querendo sentir o calor da boca do Fábio, fui de novo na cozinha e de barraca armada até o Gabriel olhou meu pau sentei no sofá, eles estavam no chão, fiquei olhando eles jogarem…mas o que aconteceu fica pro próximo conto, comentem.

Aí surgiu outro problema, quem começava? Tirámos à sorte e calhou à Joana.

Tinha uma garçonete chamada Louise, que era muito peituda, bunduda, gostosa, rebolava deliciosamente ao andar e volta e meia estava acesa.

Chegamos ao sitio por volta de oito da noite, assim que chegamos ela foi tomar um banho e eu fiquei a conversa com o caseiro sobre as tarefas da semana.

Recuperada, Rejane ficou alisando a bunda de Meg, enfiando o dedo no cuzinho dela que não resistiu, gozou também. Depois meu sogro saiu e ficou eu e meu namorado, e ele falou que ia comprar um biquíni minúsculo pra mim, e eu disse que não ia usar, mas mesmo assim, passou duas semanas e ele falou que tinha uma surpresa, então me deu uma caixa e tinha dois biquínis, na verdade dois super micro biquínis, super pequenos, aí falei você está louco, como vou usar isso no clube, vou ser expulsa, ele pediu para eu colocar, estávamos no meu quarto, então resolvi colocar e quando ele viu o pau dele ficou duro na hora, rsrsrsr então eu disse olha isso, na parte de cima tampava somente o biquinho do meu seio e na parte de baixo um dos biquínis era só um cordão atrás e na frente tinha uns dois centímetros de largura, se eu abrisse a perna um pouco ele entrava na minha pequena bucetinha, confesso que quando me olhei no espelho fiquei com tesão, o outro era branco, super pequeno também porém sem forro, se molhar a minha bucetinha iria ficar totalmente a mostra, meu namorado trancou a porta e transamos como louco, nunca tinha sido possuída por ele daquela forma, parecia um animal, quando transamos perguntei onde ia fazer marquinhas com aqueles biquínis tão pequenos, aí ele disse que podia ser na casa do pai dele, ai eu disse ficou louco seu pai me ver assim vai achar que sou uma puta, e durante a transa ele me comendo disse meu pai trabalha na firma a casa fica sozinha é só eu falar com ele, ele é de boa não vai se importar, ate mesmo porque quase ninguém usa a piscina, e você vai ficar sozinha, não sei não, disse, e se seu pai chegar e me ver com esses biquínis indecentes, ele me fudendo falou, se meu pai te ver assim vai ficar doido, e do nada ele disse, e olha que meu pai tem um pau super grande, quando ele falou vem em minha mente aquele volume que tinha visto dentro daquela sunga, então ele reforçou meu pai tem um pau muito grosso e comprido, minha bucetinha ficou mais molhada e disse pro meu namorado que conversava e me comia, e tão grande assim, ele disse sim, então fichei os olhos e imaginei e transei gostoso com meu namorado imaginando como seria o pau do meu sogro, foi a melhor transa que tive com meu namorado.

minha mãe chupava de uma maestria ora bolas ora cabeça, até ela para e dizer (VOCE NÃO VAI GOZAR NÃE É?) Fabiano olhou para mim e disse (CHAMA TEU PAI ATE AQUI FILHO DA PUTA) ele mandou meu pai contar até 10 meu pai contou e a rola do Fabiano ficava mais inchada quando chegou no dez ele despejou uma grande quantidade de porra na boca e face da vadia que sorria sem parar, era muita gala e ela dizia (QUE GALA GOSTOSA VEM PROVAR SEU CORNO VIADO E MANSO BEIJA O ROSTO DA SUA MULHER, QUE GOSTA DE UM MACHO DE VERDADE) meu pai sem falar nada beijou ela sem parar, Fabiano ria mangando do meu pai eu também ria, Fabiano sempre que pode vem nos visitar, ele já comeu a minha tia de 32 anos, minha prima de 15 anos e minha namorada Laura as três são um tesão, a maioria do meus amigos todos já comeram minha mãe adoro levar amigos lá para casa, voltarei para contar mais sobre Fabiano e minha tia , minha sobrinha e minha namorada.