Maridão Refugou E Esposa Potranca De Pirraça Foi Dar Para Seu Cunhado Imprestável

Maridão Refugou E Esposa Potranca De Pirraça Foi Dar Para Seu Cunhado Imprestável

Maridão Refugou E Esposa Potranca De Pirraça Foi Dar Para Seu Cunhado Imprestável

Sorte que eu sempre usei uma bermuda por cima da sunga!Na água tudo normal, conversamos bastante e brincamos um pouco (jogava água na cara dela, e ela fazia o mesmo, essas pirraças bobas), então ela saiu e se deitou na borda da piscina, de bruços.

Quando eu comecei a rebolar e ele aumentou o ritmo das socadas, com aquele pau grosso entrando e saído do meu cu, eu rebolava e gemia de tanto tesão, meu cunhado falava que a minha bunda era uma delicia, ele me chamava de gostosa e socava o pau no meu cuzinho, que se abria e recebia aquele pau gostoso que me fodia freneticamente, de repente ele deu uma socada bem funda e segurou a respiração, nisso eu senti jatos e jatos de porra quente esguichando dentro do meu cuzinho, sei que foi uma loucura, mas foi uma das melhores fodas que eu já tinha dado, me diverti e gozei de montão, depois de tomarmos um bom banho, entramos no carro e fomos embora e durante todo caminho de volta, ele levantou a minha saia até a virilha e veio alisando as minhas coxas e a minha bucetinha e ao me despedir eu dei lhe um beijo no rosto dele, ele me agarrou e me deu um beijo na boca, sua língua enrolou se na minha e eu aproveitei para beijar aquela boca deliciosa. Nunca havia chupado, mas com a cara e a coragem fui abocanhando pouco á pouco aquela pica bem dura, sentindo o gosto, as veias grossas, aquela pulsada gostosa e meu amigo inclinava a cabeça pra trás na cadeira com os olhos fechados mole de tesão enquanto dizia quase sem folego “Nossa como isso tá bom! Caralho mano!""Pois bem , Adriana é uma Mulher Gostosíssima ,1,70 , cabelos encaracolados , uma bunda maravilhosa , seios no tamanho ideal e sempre durinhos e um par de coxas e um sorriso incontestável , a algum tempo trocamos olhares ” sacanas ” , um belo dia , estava eu em minha sala na hora do almoço , todos tinham descido para almoçar , bateram na porta e mandei entrar , advinha quem era ?? ela mesmo Adriana , toda gostosa e de cabelos soltos sorrindo com um batom super vermelho , entrou fechou a porta e falou se eu tinha um minutinho para ela , todos os minutos que vc precisar falei sem exitar , ela começou com sorriso sacana e trancou a porta na chave , logo depois começou a abrir o seu jaleco que ia até quase os joelhos , foi abrindo , abrindo até o último botão e ao abrir totalmente … pasmemmmmmm , ela estava Nua em Pelos , totalmente nua , sou todinha sua agora , quero meter com vc agora , ou se quiser me demitir me demite , ” mas me come antes ok ?”foi assim sem tirar nem por , confesso que meu pau até desceu tamanho a surpresa , mas logo em seguida ela se ajoelhou , eu já estava de pé , abriu o zíper da calça pegou meu pau com vontade e começou a chupar como uma potranca no cio , chupava e gemia ao mesmo tempo , derrepente se levantou , afastou alguns objetos da minha mesa e ficou de costas debruçada na mesa com aquela bunda maravilhosa e com a buceta raspadinha toda molhada de tesão , falando cheia de tesão , mete na minha xaninha , mete , eu já estava com a pica mais dura que qq coisa , meti de uma vez só , ela estava tão melada que quase nem senti atrito da minha pica entrando na buceta maravilhosa dela , fiquei socanado a pica nela e ela querendo mais e mais ela já estava gozando e eu já não estava aguentando mais então falei para ela , vou gozar fora , ela mais que depressa se ajoelhou e engoliu minha pica todinha até sentir o leitinho quentinho descendo em sua garganta , gozei muito na garganta dela , com as calças arriadas até o joelho , nem deu tempo para tirar , ela sugou até a última gota , depois ela se levantou , pegou algumas folhas de lenços de papel , limpou um pouco a buceta , pois estava super melada , vestiu o jaleco e falou no meu ouvido após me dar um beijo de língua que levanta qq defunto rsrs ,na próxima quero no cuzinho ele inteirinho , aí vc pode gozar com tudo dentro dele , e começou a se ajeitar com um sorriso mais sacana ainda , eu me ajeitei e passamos o dia nos entre olhando e eu com o pau duro querendo mais …. Me acostumei e de vez em quando o maridão aparece lá atrás…Marlene ria quando foi nos contar o que lhe acontecera. – Gostoso, gostoso… seu pau é gostoso, como não pensei isso antes?– E sua buceta é quentinha… muito gostosa também… pula, mana, pula… quero te fazer gozar muito!Ela pulava sem parar, estava já toda suada, os cabelos já ficavam pregados no rosto, os olhos cerrados e o gozo chegando…chegando…Gozou e caiu deitada na cama, com as pernas abertas, o ventre subindo e descendo… e ele, impávido, não esperou para voltar a meter na irmã, agora de frente para ela, depois colocou-a de quatro e enfiou no cuzinho, arrancando um grunhido da irmã, mas ela não refugou, ele pôs tudo e ficou bombando até gozar lá dentro.

Minha esposa, com os braços em torno do meu amigo, fica extasiada.