Nera India Dando De Quatro

43 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

43 seg

Categoria:

Tag: ,

Nera India Dando De Quatro

Nera India Dando De Quatro

Mas, eu quero algo para chupar. Como já era de noite, ele foi pro vestuário tomar banho enquanto eu fechava a academia e depois de tudo fechado, fui guardar o peso de 15 kg e fingi que tinha caído no chão e gritei desesperadamente. Certo dia eu cheguei da faculdade e fui tomar um banho como de costume, ao sair do banheiro me deparei com minha tia gostosa só de calcinha mostrando seus peitos grandes e deliciosos. Aquilo nunca tinha acontecido comigo, sempre gostei de garotas, era algo totalmente novo. Não demorou muito e eu já estava toda trêmula e minha bucetinha pulsando na boca dele gozando gostoso. Sou abraçada por trás, com duas mãos segurando meus seios e um membro, já rijo, se acomodando entre minhas nádegas.

Falava quatro línguas fluentemente mais o português, com sotaque. – Então,por que você me ligou?Ele nervoso e aflito, já não estava raciocinando bem e falou:– Liguei para dizer que esta tudo bem. E falei que ele devia tá puto comigo, porque não falou nada depois que pedi desculpas e ainda por cima ficou me olhando. Perfeito!!! E assim o fiz, fiquei de quatro e pedi pra que comesse meu rabinho que já não agüentava mais, queria sentir aquele pau delicioso nele. Já que o Durval tinha experiência, ele iria comer seu cuzinho e o Otoniel ficaria com a bucetinha. Comecei por apertar meu peito, ir belisando a pontinha e apertando ele todo.

"Depois que se tornou padre o Fernando passou cinco anos em uma Diocese próximo a sua cidade natal. Eu tirei minha sunga e abri a porta do quarto, ela estava de quatro na cama toda arrebitada………. Ele me entregou seu celular"Minha irma eh morena tipo india bunda grande e muito puta de 24 anos eu tenho 27 anos casado.

O amigo continua fudendo ela com força, e batendo na bunda dela, ela anuncia que vai gozar novamente aos gemidos, e nessa hora o amigo também fala que vai gozar, os dois gozam deliciosamente. Eu sai fui embora vendo minha mãiiinha ficando para trás toda esparramada deitada sobre o colchonete, esgotada e arrombada como aposto nunca antes tinha sido.