Novinha Peituda Abusada Em Publico Pelo Amigo Tarado

visualizações

53 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

Novinha Peituda Abusada Em Publico Pelo Amigo Tarado

Novinha Peituda Abusada Em Publico Pelo Amigo Tarado

– Agora eu não sou mais tua veterana – Disse isso me lançando um daqueles olhares sexy e significativos que só ela dá. Eu também gosto de ver mulheres bem apertadas, quase não segurando mais e fazendo xixi, ou até mesmo fazendo publico, o que deixa tudo mais legal.

Que ambiente mais interessante era aquele! Ela mostrou tudo para ele e começou a encher a banheira de hidro. Ele , percebendo que estava gostando, não perdeu tempo.

"Pode ouvir uma voz fraca e chorosa. Fui iniciada no sexo por meu próprio pai, o Dr Delço, um advogado muito respeitado e severo mas que na verdade é um safado comedor de novinhas, nada de pedofilia, meu pai como advogado não é otário, adora uma novinha desde que maior de dezoito anos.

Ela entrou e já foi agradecendo e perguntando se não estaria sendo muito abusada de pedir que o motorista desviasse de seu caminho.

"Ja vazia uns 9 meses que eu não ficava com meu ex, então numa sexta feira um amigo dele queria ficar com a minha amiga e acabamos nos encontrando.

Nós dois saímos para buscar o bolo, no meio do caminho ele para numa rua sem movimento e me beija e eu correspondi.

Uma semana antes do Natal ela veio com a família passar as férias. Eu rebolava na cadeira, empurrava sua cabeça contra minha buceta, sentia sua boca quente, beijos e lambidas eram dadas pelo PINTOR TARADO.

Os meus sentidos eram todos alertas. Tinha uma garçonete chamada Louise, que era muito peituda, bunduda, gostosa, rebolava deliciosamente ao andar e volta e meia estava acesa. – Quem era? Seu marido?– Claro… quem mais me telefonaria aqui?– Ele gosta de saber mesmo, hein? Cara maluco!Abraçou-a e seu pau ficou encostando na xotinha dela. Não deixei ele gozar logo, queria mais, não estava saciada, queria mais. Meu intestino parecia o Polo Norte de tão gelado por dentro, Eu estava com medo, inseguro, mas com um tesão inacreditável. Estava com um fogo só na bucetinha.