Realizando Sonho Da Esposa

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Realizando Sonho Da Esposa

Realizando Sonho Da Esposa

Naquele momento não era mais medo que sentia era tesão e paixão uma menina de 11 anos que tinha sensações e pensamentos de uma mulher, ele me colocou sentada na escrivaninha do lado da cama e abriu a causa deixando sua cueca com aquele volume aparecer, encostou se pau na minha vagina e começou a esfregar enquanto tocava devagar meus seios que estavam com os mamilos rígidos me fazendo soltar um gemido baixinho- tá gostoso- com em suspiro eu disse que sim que mas pareceu outro gemido- posso ver eles – eu disse que sim e ele tirou minha blusa tão rápido que nem tive reação, ele passou a labelos com sua língua quente e chupar os bicos de leve, me deitou na mesa quase derrubando o computador e passou a beijar minha barriga, naquela hora só pensava nos filmes que tento gostava e que eu estava realizando meu sonho que não podia parar !Ele foi descendo e a sensação era tão boa que não percebi que ele tirava minha calcinha foi quando ele colocou sai língua dentro da minha vagina rosinha ainda sem pelos meu corpo tremeu inteiro, ele ficou ali por um bom tempo sugando e lambendo meu grelinho ele sabia o que estava fazendo pois só parou quando gozei, um orgasmo tão forte como nunca tinha sentido me fazendo ter espasmos maravilhosos, ele se ergueu e me beijou pude sentir meu cheiro em seu rosto e me gosto em sua boca, me ergueu novamente e me colocou na cama tirou toda roupa e deitou sobre mim e começamos a nus beija ei ele fala bem baixinho no meu ouvido com a vos ofegante – quer ir até o fim – e eu repondo que sim meio tímida ele me beija novamente e abre a gaveta e pega uma camisinha foi a primeira vez que reparei no seu corpo nu seu pênis ereto apontando pro teto bem grande pra idade ele estava suado e ofegante seu pau estava tão duro que deva pra ver as veias um pau lindo branquinho com a cabeça bem rosada depois de colocar a camisinha ele voltou a deitar sobre mim entre minha pernas posicionou a cabeça do seu pau na entrada da minha gruta e começou a empurrar devagar me beijando.

uma vez que ela quem colocou a camisinha nele,como se ela estivesse dando o aval final pra toda aquela putaria ele estava quase gozando no oral, ele me levantou com tudo do chão, novamente me colocou sobre a mesa,dessa vez de bruços arrancou meu vestido,tirou minha calcinha,fiquei somente com os saltos, segurou meus cabelos, me deu uns bons tapas na xana, na bunda, e mandava eu empinar a bunda, mais e mais, levei muito tapa, como se fosse uma menina levada sendo punida por estar querendo tanto o pau dele dentro de mim, e como se ele estivesse lendo meus pensamentos ele socou toda aquela vara de uma só vez, sem charminho ou enrolações, minha xota estava pingando não foi tão difícil assim,ele foi um animal,me comeu, meteu gostoso , me puxava pelo cabelo na intenção de colocar cada vez mais fundo,me pegava pela cintura, aquele som característico, mas tão gostoso, arrepios percorrendo pelo meu corpo, não escutava mais a voz da Clara,estava escutando o encontro dos nossos corpos e sentindo o formigamento na base da minha coluna que antecede a um bom orgasmo,sem vergonha alguma incentivei entredentes:Fode,Fode,Fode sua vagabunda…Me deixa toda arrebentada,não para de me comer e mostra para a corna da tua esposa como que uma puta tem que dar!Ouvi os gemidos guturais do Carlos,e as ultimas bombadas que acompanharam com sincronia a minha explosão gozei muito gostoso,ele se jogou sobre mim e ficamos alguns segundos nessa posição, a Clara se aproximou, e deixou um beijo no meu ouvido. E contou o sonho que tivera.